Bem Resolvida

Pintas vermelhas: o que são e como tratar?

Você já reparou se na sua pele há a presença de pintas vermelhas? Elas são comuns em muitas pessoas, principalmente mulheres, que de um dia para outro notam que elas apareceram.

Costumam aparecer em mulheres mais velhas ou que estão gestantes, mas toda mulher pode apresentar essas pintas vermelhas que podem causar muito incômodo.

Este artigo surgiu com o objetivo de falar tudo sobre as pintas vermelhas. O que elas são, que pessoas costumam tê-las e se é uma coisa para se preocupar ou não. Você não pode deixar de ler!

Veja também:

Como tirar chupão do pescoço? Veja 12 dicas que funcionam rápido!

O que são as pintas vermelhas?

Presentes no maior órgão do mundo, ou seja, na nossa pele, as pintas vermelhas podem ser chamadas também de nevos rubis, e sua existência está diretamente relacionada à proliferação e dilatação dos vasos pequenos da pele.

É algo que pode acontecer com todas as pessoas, homens e mulheres, e não é perigoso, o que não exclui a possibilidade de realizar exames dermatológicos de rotina. Na verdade, essa é uma dica para saber se está tudo certo contigo.

Que pessoas costumam ter essas pintas?

As pintas vermelhas podem aparecer em quaisquer mulheres e homens de quaisquer faixas etárias, mas há maior probabilidade de surgir em determinadas pessoas.

Os nevos rubis são mais comuns em pessoas com a pele clara ou em mulheres que estão gestantes. Entretanto, podem surgir em pessoas de qualquer etnia.

Essas pintas vermelhas também podem surgir em qualquer época da vida, desde os primeiros anos, mas seu aparecimento é mais comum em mulheres gestantes ou que têm mais de 40 anos de idade.

Se você mal completou 30 e já viu esse tipo de mancha na pele, não precisa se preocupar, mas, por via das dúvidas, é aconselhável ir ao dermatologista.

Veja também:

Como clarear a virilha com babosa? Veja 4 receitas infalíveis!

As pintas vermelhas fazem mal?

Bem, sabemos que a cor das pintas vermelhas pode ser um pouco assustadora e levar qualquer pessoa a imaginar que esse é um problema grave que precisa ser tratado o quanto antes. As pessoas têm essa impressão porque não são pintas comuns; em vez de pretas ou marrons, são vermelhas; mas não se preocupe, porque elas não podem fazer mal algum.

São consideradas lesões benignas que na maior parte das vezes não muda de tamanho. Entretanto, essas pintas vermelhas podem mudar de cor com o passar do tempo, adquirindo uma tonalidade marrom. Mas, como sempre dizemos, é importante ficar atento às mudanças e consultar o dermatologista com alguma frequência.

A relação entre pintas vermelhas e família

Quem é atento às condições de saúde que costumam aparecer no histórico familiar, não vai se surpreender com o fato de que muitos sinais dermatológicos são passados com a carga genética.

Problemas como oleosidade da pele, manchas e psoríase podem, sim, ter fundo genético, e para essas pessoas o mais recomendado é fazer um tratamento.

Assim como esses problemas citados, as pintas vermelhas também têm relação com o histórico familiar. Se você sofre desse problema, pergunte se os seus antepassados tiveram esse mesmo tipo de lesão benigna. É bastante provável que a resposta para essa pergunta seja um grande sim.

Mas, como explicado brevemente mais acima, também há uma relação entre os nevos rubis e as mulheres que estão grávidas, que podem perceber um maior surgimento das pintas vermelhas em seus corpos.

Isso acontece porque as alterações hormonais, que ficam desenfreadas com a gravidez, podem propiciar essas pintas vermelhas.

As pintas vermelhas e a menopausa

Em outras situações em que a mulher experiencia grandes alterações hormonais, como é o caso da TPM e principalmente da menopausa, essas pintas vermelhas também podem aparecer.

Mas acredite: é algo totalmente normal e que não precisa de muito alarde, pois, como já foi dito, é uma lesão benigna.

Por isso foi dito mais acima no artigo que as mulheres acima de 40 anos, que são as que começam a entrar na menopausa e sofrem dos sintomas característicos do problema, podem apresentar as pintas vermelhas, inclusive em maior quantidade do que apareciam normalmente.

Veja também:

Dicas de beleza: 40 truques simples que você não sabia para ajudar na rotina!

É possível evitar as pintas vermelhas?

Para algumas pessoas, as pintas vermelhas podem ser consideradas um charme, um aditivo à beleza da pessoa, mas para outras é o oposto, e nisso surge a vontade de evitar as pintas vermelhas. Entretanto, infelizmente isso não é possível de ser feito.

Os nevos rubis aparecem por questões que não são do controle de pessoa alguma, então torna-se impossível evitar o aparecimento dessas pintas vermelhas.

O que pode ser feito, e que gera um bom resultado, é contornar a situação através de tratamentos para as lesões já existentes no corpo. Abaixo, é possível ver mais sobre isso.

Tratamento para as pintas vermelhas

Se você considera que as pintas vermelhas são ruins para você, seja por estética ou por qualquer outro motivo, pode removê-las através de alguns procedimentos. Como tratamentos disponíveis, é recomendado a eletrocauterização ou a aplicação a laser.

No primeiro caso, é um procedimento dermatológico cirúrgico a ser feito pelo médico dermatologista. Consiste em queimar as áreas onde estão as pintas vermelhas. Para isso, pode ser utilizado um bisturi elétrico ou um bisturi a laser, e o procedimento apenas é feito depois da assepsia e da anestesia local.

O outro procedimento é a aplicação a laser, que tem o objetivo de corrigir essas “imperfeições” na pele de maneira prática. É o tipo de tecnologia que ainda pode corrigir sinais de nascença ou manchas que você não gosta em si. O melhor tratamento para você será aquele que você julgar mais interessante e acessível.

Ambos os tratamentos podem ser feitos por um médico dermatologista, então avalie a possibilidade de pagar uma consulta se os problemas das pintas vermelhas realmente te afetar ou se você simplesmente quiser realizar o procedimento para tirar os nevos rubis.

As pintas vermelhas realmente incomodam você? Esperamos que este artigo tenha lhe trazido informações o suficiente para você não se preocupar com a aparência de seus nevos rubis.

São pintas totalmente normais, mas, apenas por garantia, pode ser recomendado ir a um dermatologista, ainda mais se isso lhe incomodar, para poder tratar essa questão da forma que julgar melhor. Obrigado por ler o artigo e até mais!

Deixe seu comentário!