Bem Resolvida

7 dicas para superar a crise no casamento 

O casamento é um sonho realizado na vida de muitos casais e como uma roleta russa, só o tempo vai dizer se ele vai dar certo ou não.

Para um relacionamento ser duradouro e saudável, há muitos obstáculos a serem vencidos, o que pode gerar desavenças. Há maneiras de superar a crise no casamento. Confira isso nas dicas logo abaixo:

1 – Sem argumentos

Vocês acordam juntos, dormem juntos e convivem no mesmo espaço, mas não há interação ou diálogo, somente perguntas e respostas básicas do tipo “ você tirou o lixo hoje?”, “eu paguei a conta de luz” e coisas relacionadas aos afazeres básicos da casa.

Quando não há interesse por parte dos dois de saber como foi o dia do outro ou ter aquele papo descontraído, o sinal vermelho de alerta está piscando e vocês não estão percebendo.

Tem uma diferença muito grande entre o silêncio de um casal maduro com uma relação saudável e duradoura, de um casal em crise fingindo que tudo vai bem estando quietos. Quando isso acontece, o que foi um dia um sonho de amor, se transforma em um deserto do Saara.

É hora de acordar desse transe e salvar seu casamento enquanto há tempo. Prepare-se psicologicamente para poder expressar suas ideias e sentimentos e também saber ouvir seu companheiro(a). Nada que um diálogo franco e compreensível não possa resolver.

Sabemos que mesmo depois de casados, cada um precisa do seu espaço, um cantinho só seu onde possa pensar, fazer e agir à sua própria maneira, desde que não prejudique o outro.

Isso é saudável para a relação até certo ponto, mas ter um silêncio total entre vocês, é um suicídio matrimonial pronto para acontecer!

2 – Perdeu a graça

Quando estamos namorando, até uma volta com seu amor para ir na panificadora comprar pão é um momento maravilhoso. Mas, se com o passar do tempo a formação da rotina diária do casal entre outras coisas, vão fazendo esse desejo de curtir a vida juntos desaparecer, cuidado!

O objetivo de um casal quando estão unidos é um amar cada vez mais o outro e não ao contrário. Resgate agora o desejo de se aventurar com seu amor por aí.

Faça algo ousado. Surpreenda-o (a) com um passeio para um lugar onde nunca foram. Aposte na novidade. Esta necessidade de viver coisas boas está aí adormecida, bora agir e fazer ela acordar? Só precisa do seu empurrãozinho determinado.

Veja também:

Perguntas para o namorado: veja 90 ideias para fortalecer o amor!

3 – Críticas constantes

A crítica quando equilibrada, com bom senso e construtiva, nos dá crescimento da alma. Mas, se no casamento, a única coisa que vem do seu parceiro(a) é isso, é hora de descobrir o que está acontecendo.

No casamento, há manias e ações do cônjuge que acabamos relevando por ter coisas mais importantes para dar atenção e não criar atritos por qualquer coisa banal.

E se a caneca que você insiste em deixar no lugar errado tem incitado uma guerra do Iraque, chame seu amor para uma conversa. Não com um ar de intimidação, mas com calma, atenção e cautela. Demonstre seu interesse em resgatar a união de vocês.

Procure descobrir onde está o problema e seja humilde para reconhecer se o erro foi seu. Se a causa é seu cônjuge, ajude-o(a), a encontrar a solução e realmente resolvam. Vocês vai se surpreender com o resultado.

4 – “Ninguém me falou nada”

Um sinal de que o casamento está beirando ao colapso, é a total falta de comunicação em relação a vida social e pessoal do seu companheiro(a).

Não tem coisa mais frustrante e desconcertante quando aquela vizinha ou vizinho vem parabenizar seu cônjuge por uma coisa boa que ele ou ela fez e você é o último(a) a saber. Reveja seu relacionamento, antes que a traição venha e você novamente seja o último(a) a saber.

5 – Passado negro

Quando estamos reunidos com amigos e parentes e entre uma conversa e outra, perguntam como vocês se conheceram, em um relacionamento saudável, a resposta vem com sorrisos, olhares de ternura e uma tiração de sarro divertida, indicando uma união feliz.

No entanto, se o que você vê em seu cônjuge são respostas secas e vazias sem expressões de insatisfação, dê um stop em tudo agora! O passado conta a história de como surgiu esta união que um dia foi linda.

Estas lembranças deviam ser prazerosas com um certo saudosismo. Você ainda ama seu companheiro(a)? Onde foi que vocês erraram? Faça esta pergunta a si mesmo(a) e tome uma atitude antes que seja tarde.

Veja também:

Pompoarismo: conheça mitos e verdades + benefícios

6 – Me aceite como estou

Não é só os bichos que aumentam depois que casamos… antes era minha pombinha, meu beija-flor e agora… melhor não comentar.

Quando o casal não tem mais ânimo para colocar uma roupa limpinha e cheirosa para estar em casa, arrumar o cabelo, se emperiquitar todo(a) um para o outro, cuidado que Roma está pegando fogo!

A falta de interesse em se mostrar desejável para o parceiro(a) sendo desleixado na higiene e aparência, é um indicativo de que seu casamento vai… muito mal.

Por mais que os anos tenha passado, que você não é mais aquela(e) jovem sedutor(a) que conquistou seu amor, resgatar esse desejo é possível. Se apaixonar todos os dias pela mesma pessoa, é real. Sacuda a poeira e dê a volta por cima, resgate seu amor e sejam felizes novamente.

7 – Triste monotonia

A monotonia vira um câncer que começa seu processo de infecção bem quietinho e quando você vai ver, não tem mais tempo de se recuperar.

Trabalhar, comer, dormir, interagir com as outras pessoas…Essa rotina diária se não for quebrada com um programa diferente como ir dar uma volta no parque, fazer um bate volta na praia ou coisas do tipo, com certeza vai tornar o seu casamento uma tortura e não um prazer.

Saiam do comodismo, tenham amigos em comum para combinar programas juntos e darem bastante risada.  Curtirem boas músicas e terem histórias para compartilhar depois de um dia de movimento e alegria tornará a união mais feliz e duradoura.

Veja também:

Aprenda 9 simpatias para casar que funcionam de verdade!

Deixe seu comentário!