Bem Resolvida

Blusa de crochê: confira dicas para usar com estilo!

Nos dias mais frios, era muito comum pessoas das gerações anteriores saírem utilizando uma blusa feita à mão pela avó ou mesmo pela mãe.

Conforme o tempo foi passando, esse acessório passou a desaparecer dos guarda-roupas e ser substituído por outros acessórios, como as blusas de frio, que, geralmente, são consideradas mais “bonitas” e mais contemporâneas que as blusas de crochê.

No entanto, a blusa de crochê está voltando a virar moda e as pessoas estão retirando os modelitos que ainda têm para voltarem a se adaptar à moda.

Por isso, se você também está a fim de voltar a usar as blusas de crochê, no nosso artigo de hoje, você vai conferir as melhores dicas para apostar na mais nova-velha tendência para montar looks de sucesso!

O que é a blusa de crochê?

Muita gente dessa nova geração não sabe nem mesmo o que é a técnica de crochê. Portanto, vamos explicar basicamente o que é o crochê.

O crochê é uma técnica muito antiga, datada do século passado, que se trata basicamente de unir fios de um tecido em específico para se juntarem por meio das chamadas “agulhas de crochê”.

O processo manual disso é geralmente muito demorado. Uma blusa grande, por exemplo, para ser feita por uma pessoa muito experiente nessa área, demora, em média, 10 dias, ou até mais, já que é preciso passar fio por fio pela agulha.

Não é só a blusa que pode ser feita por esta técnica, como também outras coisas, como, por exemplo, edredons, panos de prato, entre tantas outras coisas, geralmente com fios de linho.

A técnica é feita manualmente, mas, hoje em dia, já existem máquinas que podem ser compradas e podem ser utilizadas para se fazer qualquer coisa no modelo de crochê. Mas vamos combinar que nada pode superar o modo manual, concorda?

Geralmente, a produção feita à mão é 2 ou 3 vezes mais demorada do que a feita por máquinas, mas esta última não tem a mesma resistência do que a feita manualmente.

Vantagens de usar blusa de crochê

Desse modo, o que caracteriza as blusas de crochê é o fato de que elas são geralmente mais resistentes que as blusas comuns, além do tecido ser bem mais quente que o das blusas atuais, pois a técnica do crochê também ajuda nisso.

Além desses dois benefícios, outro benefício também da blusa de crochê é o fato de que, apesar de geralmente ser algo manual e não feito na máquina, o preço das blusas em crochê é mais em conta, por não terem uma marca na ponta da camiseta.

Uma blusa de frio de crochê, por exemplo, de um tamanho médio para criança, pode custar 10 reais. Além disso, como já dito, a blusa de crochê está voltando à moda. Então, você pode ficar na moda sem a necessidade de gastar muito com blusas extremamente caras, simplesmente por conta da marca.

Benefícios também para quem faz crochê

Além dos benefícios para quem usa algo de crochê, o benefício também é para quem faz o crochê, porque ele previne diversas doenças que são características de pessoas da idade de quem geralmente faz utensílios e roupas com isso.

Pelo fato de muitas das pessoas que fazem crochê serem pessoas de terceira idade, que já se aposentaram, o crochê serve para fazer com que essas pessoas acreditem que podem ser úteis, e é um dos preventores da depressão na terceira idade por conta disso.

Além dessa doença, o crochê também previne Alzheimer e Parkinson, já que a atividade exige uma extrema concentração.

Tipos de blusas de crochê

Apesar de as blusas de crochê mais comuns serem as blusas de frio ou, como costumávamos chamar, casacos, as blusas de crochê existem de diversos tipos, desde blusas de calor, como, por exemplo, uma blusa sem manga, como também uma blusa de manga curta, que pode ser utilizada por cima de uma blusa comum (ou seja, sem ser de crochê), além de diversos outros modelos.

Na verdade, quem escolhe é sempre o cliente que for encomendar a tal blusa, que será feita da forma como ele pedir.

Como usar blusa de crochê

Vai variar muito do estilo de blusa que você estiver à procura. Por exemplo, ser você estiver buscando uma blusa de crochê no estilo de casaco, pode usar por cima de toda a roupa ou, se estiver muito frio, você pode até utilizar uma jaqueta para colocar por cima da blusa de crochê de frio.

Já se você, por exemplo, quer usar a blusa de crochê sem mangas, vai depender muito de seu estilo, já que você pode gostar de usar a blusa por cima de um biquíni, por exemplo, ou usar essa por cima ou até por baixo de outra blusa sem manga.

Lembrando que as blusas de crochê são feitas conforme o seu gosto. Então, pode até ser que você consiga uma blusa de crochê sem mangas, sem espaços entre os fios.

No entanto, o mais comum são blusas de crochê que têm abertura entre os fios, justamente pelo fato de que essas blusas são feitas para o calor, e os fios sem nenhuma abertura te esquentariam, e não faria sentido você usar uma blusa sem manga.

Portanto, devido às aberturas, usar somente elas pode ser algo não muito viável e causar constrangimento em você, se for para sair na rua.

Onde comprar blusa de crochê

Hoje em dia, todo brechó tem uma blusa de crochê, independente do estilo. Isso acontece porque muitas das pessoas que tinham esse tipo de blusa hoje sentem vergonha de utilizá-la, por achar que está ultrapassada.

Apesar de estar voltando à moda, vai ser muito difícil você achar blusas de crochê em lojas físicas, mas você pode até tentar.

A forma mais simples e fácil de achar uma blusa de crochê é você indo diretamente na “fábrica”, ou seja, indo na casa de pessoas que façam esse tipo de tipo de técnica em casa.

Antigamente, era mais fácil encontrar pessoas que fazem crochê, mas, hoje em dia, também não é tão difícil quanto se pensa. Todo bairro tem uma pessoa que faz isso.

Além de você poder ir no próprio lugar de fabricação e ter uma blusa feita sob medida, você vai pagar muito mais barato, pelo fato de que essas pessoas geralmente não cobram muito pelo serviço.

O preço vai depender da pessoa que vai fazer e do tamanho da blusa, mas, geralmente, uma blusa de frio para um adulto custa 25 reais, em média. Já as outros tamanhos menores, custam, em média, 10 a 15 reais, por precisarem de menos tecido e menos tempo.

Veja também:

Moda infantil 2020: tendências + dicas de estilo para o seu filho!

Gostou do artigo? Compartilhe-o!

Até a próxima!

Deixe seu comentário!