Bem Resolvida

Conheça os 5 tipos de vagina e como identificar qual é o seu!

Será que todas as vaginas são iguais? Com certeza, toda mulher já fez essa pergunta alguma vez na vida. E a resposta é que existem vários tipos de vagina e eles são únicos, uma vez que podem variar de tamanho, aparência, cor e formato, de acordo com cada mulher.

Neste artigo, você vai conhecer 5 deles. É claro que os tipos de vagina que vamos mostrar aqui, nos próximos parágrafos, são apenas “exemplos” dos formatos, tamanhos, cores e aparências existentes, e não um algoritmo. A ideia, então, não é que você tenha que se encaixar em algum delas, mas apenas identificar as características mais semelhantes à sua vagina e vulva.

Afinal, assim como nossos olhos e mamas, essas duas partes do órgão genital feminino também são únicas, como se fossem impressões digitais de cada mulher. Portanto, você não deve sentir vergonha! Conheça a seguir os tipos de vagina e descubra de uma vez por todas que a sua vagina não é um “terrível segredo”, ela não tem que ser bonita ou feia e você não precisa se aventurar em cirurgias plásticas para mudar a sua!

Vamos lá?

Veja também:Como clarear a vagina? 5 dicas infalíveis para melhorar a aparência da região íntima!

Vagina e vulva: entenda a diferença

Muitas pessoas confundem a vagina com a vulva, que são partes do órgão genital feminino diferentes. Enquanto a vagina fica na parte interna desse órgão (onde ocorre a penetração do pênis), a vulva diz respeito à parte externa (onde ficam os grandes e pequenos lábios, o “capuz” do clitóris, o clitóris, a uretra e, finalmente, o orifício da vagina e o períneo, que é aquela área entre a vulva e o ânus).

Aqui nesse artigo, nós vamos falar dos tipos de vagina, mas também sobre os tipos de vulva existentes, que são as que mais incomodam as mulheres em relação ao formato, tamanho e cor e levam milhares delas a realizarem cirurgias plásticas para mudar a sua aparência.

Neste sentido, é válido destacar que, apesar do “bafafá” que ronda o público feminino sobre a aparência da região íntima sobre o tipo de vagina ou vulva mais bonito, ou que agrada mais os homens, ou que tenha maior desempenho sexual, a verdade é que não existe um tipo “recomendado” para atender à essas características.

Como falamos, cada vagina e vulva são únicas. Não existe nenhuma no mundo igual à sua, mas sim parecidas, como é o caso dos tipos que vamos mostrar a seguir! Continue lendo…

Tipos de vagina

1 – Vagina “Barbie” (“Boneca”)

Esse tipo de vagina e vulva é aquele em que a mulher tem os pequenos lábios (que ficam no centro da vulva) são completamente cobertos pelos grandes lábios. Apesar de ser considerado por muitas o “modelo mais bonito”, a verdade é que ele é o tipo mais difícil de encontrar.

2 – Vagina “Cortina”

Já neste tipo de vagina e vulva, os pequenos lábios são mais “longos” que os grandes lábios. Por isso, ficam mais visíveis, chegando a ficar quase que completamente do lado de fora da vulva, em alguns casos, e em outros, apenas dando uma “espiadinha”, não ficando muito expostos.

Por incrível que pareça, esse é o tipo mais comum de vagina e, quando não aparece exatamente com essas características, é possível vê-lo combinado com outras categorias, como as outras quatro que listamos neste artigo.

3 – Vagina “Inchadinha”

Esse tipo de vagina é parecido com a vagina estilo “Barbie”, só que com uma extensão dos grandes lábios. Em alguns casos, esse tipo de vagina pode ter os grandes lábios mais inchados, enquanto outros, são finos e flácidos.

Apesar de a flacidez e a “queda” dos grandes lábios parecerem fatores ligados ao envelhecimento da mulher, o fato é que eles também podem ter essa aparência por conta de herança genética.

4 – Vagina “Ferradura de Cavalo”

Neste tipo de vagina, a abertura entre os grandes lábios é mais larga na região que fica no “topo”, o que coloca os pequenos lábios em um pouco de exposição. Além disso, essa vagina costuma ser mais fechada na parte de baixo. No entanto, apesar dessa abertura, os pequenos lábios não se estendem completamente para fora e, portanto, o “formato” da vulva fica parecido com uma ferradura de cavalo.

5 – Vagina “Tulipa”

Por último, a vagina do tipo “tulipa” tem esse apelido carinhoso porque é semelhante a um botão de uma tulipa, quando a flor está começando a desabrochar. Perceba que os pequenos lábios aparecem expostos pela abertura dos grandes lábios, em toda a extensão destes.

Lembre-se que cada vagina e vulva são únicas

Existem vulvas com pelos encarapinhados, encaracolados, lisos, claros, escuros, etc., além de lábios grandes e encorpados, enquanto outros são menores, rugosos, avantajados, assimétricos ou protuberantes. Enfim, cada vagina e vulva são únicas!

Os clitóris também podem se diferenciar de mulher para mulher. Existem aqueles mais caídos, enquanto outros possuem mais proeminência ou tamanhos maiores ou menores. Portanto, são pequenas particularidades presentes na área vulvar e que jamais deve incomodar uma mulher em questão de estética.

Profundidade também muda de mulher para mulher

Em relação aos tipos de vagina, o fato é que a profundidade também varia de acordo com cada mulher. Existem vaginas com mais longas e outras curtas. Afinal, o órgão genital feminino é uma estrutura elástica, que se adapta para receber o pênis e, também, dar a luz a bebês. Conforme o tempo vai passando, ela tende a se alargar – algumas vezes, até atrapalhando o prazer sexual -, por conta de vários partos normais ou com o avanço da idade.

A profundidade e até o pH da vagina também podem estar diretamente associados à questões genéticas, o que explica o fato de cada mulher ter uma vagina única.

Hábitos da rotina também influenciam na aparência

Você sabia que alguns hábitos do seu dia a dia também podem influenciar na aparência da sua vagina e vulva?

Usar roupas muito apertadas ou muito largas, tipos de depilação ou alterações hormonais podem mudar a coloração da vulva e toda a parte íntima da mulher. Inclusive, até mesmo o período fértil ou momento de excitação durante o sexo podem alterar essas características.

Na gestação, momento do parto e pós-parto, além da menopausa, fase em que os hormônios são reduzidos, que são os responsáveis pela produção de melanina, a cor da vulva também pode mudar. Então, não se preocupe! Agora, se você gostaria de cuidar melhor da aparência da sua vagina e vulva, fique de olho nos hábitos que você costuma ter na sua rotina, ok?

E aí? Gostou de saber mais sobre os tipos de vagina existentes? Conseguiu identificar qual é o seu? Então, compartilhe esse artigo com as suas amigas nas redes sociais…

Até a próxima!

Deixe seu comentário!