Bem Resolvida

Modelos de vestidos: aprenda a escolher o ideal para você!

Ultimamente, nenhum vestido que experimenta está ficando bom em você? Esse problema é bastante comum, acredite, e acontece principalmente porque muitas mulheres não sabem como é o modelo de seus corpos e não sabem quais modelos de vestidos são ideais para seu caso.

Por isso, neste artigo, você conhecerá os mais variados modelos de vestidos para se inspirar e escolher o que mais combina com você! Vamos lá!

Quais são os modelos de vestido existentes?

O que não falta são modelos, tornando fato que qualquer mulher pode ficar bem em um. O que determina se o vestido cairá bem na mulher é um conjunto de duas coisas: o formato do corpo que ela tem e como é o vestido.

Essas duas coisas precisam se encaixar. Confira, a seguir, os diferentes tipos de modelos de vestidos disponíveis:

Vestido transpassado

Vamos começar com um sucesso: o modelo de vestido transpassado, que fica bem em todos os tipos de corpos femininos, em especial, aqueles que possuem um quadril mais largo.

Ele é tecido de uma forma que valoriza o corpo feminino, afinando a cintura e chamando a atenção para o colo, onde há um decote.

É um vestido, por exemplo, ideal para mulheres que possuem um corpo oval, porque tem a capacidade de alongar a silhueta e afinar visualmente a cintura, ainda jogando a atenção das pessoas para o colo.

Qualquer mulher fica bem em um vestido transpassado, contanto que o modelo combine com ela. Entretanto, deve-se prestar atenção no tipo de calçado a usar com o modelo.

Se a mulher quer ficar a uma aparência mais séria e tradicional, deve usar o salto alto. Se quer ficar com a aparência mais natural e informal, deve ir de sapatilha ou tênis.

Vestido tubinho

O vestido tubinho é ideal para mulheres com corpo ampulheta, o famoso corpo violão, aquele repleto de curvas. Apesar disso, pode ser usado por todos os tipos de mulheres, mostrando-se extremamente democrático.

Por ser considerado o corpo mais proporcional de todos, o corpo ampulheta cai bem no vestido tubinho, que valoriza suas curvas, chamando a atenção para a cintura.

Ele é recomendado para um jantar ou uma balada, tendo ou não decote. É possível usar tênis com o vestido tubinho se você quer um ar mais despojado.

Vestido evasê

O vestido evasê é conhecido pela marcação em formato de A que a saia faz. É um vestido que aparece em diferentes tamanhos e que, apesar de ficar bem para todos os tipos físicos, é mais recomendado para a mulher que tem um biótipo triângulo.

A saia em linha A deixa o quadril com uma aparência mais suavizada e chama a atenção para a cintura. Esse modelo de vestido fica bem em mulheres com biótipo triângulo porque valoriza o seu corpo.

A dica é escolher peças para valorizar a parte superior do corpo, com decotes acentuadas e cores claras, por exemplo. No quadril, o caimento precisa ser suave, para não marcar a região, mostrar um volume extra.

O vestido evasê no comprimento midi é muito elegante, sendo recomendado para usar em festas ou cerimônia de casamento.

Os modelos de vestidos evasê podem ter muitas cores ou ser mais neutros, então a dica é experimentar e descobrir em qual você cai bem.

Veja também: 

Moda infantil 2020: tendências + dicas de estilo para o seu filho!

Vestido Peplum

modelo de vestido peplum é aquele que tem uma aplicação de volume extra entre a cintura e o quadril, que é geralmente feito em forma de babado.

É um detalhe que aparece não só nos vestidos, mas também em blusas, e que confere à mulher uma aparência mais sensual e elegante.

O vestido peplum é ideal para mulheres com corpo retângulo, que têm ombros e quadris equilibrados mas tem um quadro não muito curvilíneo e indefinido.

Por isso, esse volume a mais na cintura é eficiente, visto que explora melhor a região desfavorecida. Usar peças do vestuário feminino para criar mais curvas também ajuda.

Usar um vestido peplum midi é ideal para uma festa formal ou para um coquetel no trabalho. Apenas preste a atenção para não ir com a saia muito curta ou com muito decote.

Ainda há a opção feita em renda para quem quer uma peça mais romântica.

Vestido rodado

Os modelos de vestidos rodados, que têm pregas ou modelagem godê, são indicados para as mulheres que querem aumentar visualmente o quadril.

É recomendado, portanto, para as mulheres que têm a parte superior proporcionalmente maior. Usar esse vestido implica em desviar a atenção dos ombros.

É o vestido ideal para o corpo triângulo invertido, que tem ombros largos e quadril estreito. Usando-o, é possível equilibrar melhor a aparência visual do corpo, chamando a atenção para a parte inferior.

Isso pode ser feito, por exemplo, ao escolher vestidos que cobrem os ombros e que não têm decotes largos.

Usar o modelo de vestido rodado é interessante para passeios informais, quando escolhida a versão de couro, ou versões casuais para quem quer um look despojado.

Se a mulher preza por modernidade, pode escolher uma versão com bolsos.

Vestido de veludo

modelo de vestido de veludo, que estava em desuso, voltou com tudo em 2018, sendo muito recomendado para mulheres que têm o corpo tubular, que é bastante longilíneo.

A dica para essas mulheres é usar o vestido de veludo com cores diferentes na parte de cima e na parte de baixo, dando preferência para tecidos encorpados.

No dia a dia, é recomendado usar um vestido cotelê em cores inusitadas ou suaves. Já à noite, é recomendado apostar em tons escuros ou veludo molhado, que é uma versão mais maleável que dá brilho e sensualidade à mulher.

Slip dress

O slip dress tem sido muito popular no Brasil e no mundo nos últimos anos. Trata-se do vestido que parece uma camisola.

Ele pode ser usado com jaqueta jeans e tênis a fim de proporcionar um ar mais despojado à mulher, mas pode, dependendo da peça, ser considerado muito glamoroso, adequado para um jantar romântico.

Entretanto, o modelo de vestido slip dress não é indicado para mulheres altas, pois tende a deixar o corpo delas visualmente lânguido. É interessante, portanto, usar peças que valorizem o corpo, achatando a silhueta e trazendo volume.

Vestido midi

Esse modelo de vestido tem um comprimento que confere uma maior formalidade, sendo perfeito para usar no trabalho ou em festas de casamento de dia.

Entretanto, não é indicado para mulheres muito baixas, porque não valoriza a silhueta. Mas há uma solução para isso: usar a peça com um scarpin cor nude de bico fino.

Gostou das dicas? Conte para a gente nos comentários!

Deixe seu comentário!